14.7.08

ROSA DIAS: A Poesia Genuina Alentejana - Os Filmes Prometidos... e outros MIMOS...

Lançamento do CD "Olhar Poético", de Rosa Dias, no dia 12 de Julho em Campo Maior.

video
Apresentação do CD pelo amigo, poeta e antropólogo Luis Filipe Maçarico.
video
Alentejo Desperto... é para nos obrigar a pensar...
video
Tempo de Humor: a pizza e o vento...
E houve tempo para uma voltinha...

Barragem do Caia

A torre do Castelo, com Janela Manuelina, que Rosa Dias canta na sua poesia.

O Bairro onde Rosa Dias nasceu... Morou numa destas casas com seus pais.

O Castelo de Campo Maior, frente à casa sem janela...

Etiquetas:

13.7.08

Campo Maior: Lançamento do CD "Olhar Poético" da Amiga Alentejana, Poetisa Rosa Dias

Sexta-Feira, 11 de Julho a amiga Rosa Dias telefona-me e convida-me para assistir ao lançamento do seu CD de Poesia, em Campo Maior. Com a simplicidade que a caracteriza era tudo fácil e estava tudo tratado - ficávamos em sua casa e o convívio seria o melhor... o lançamento do CD seria apenas o pretexto para estarmos juntos.
Depois de uma semana de trabalho, o cansaço acumulado, não acedi, mas fiquei de telefonar a confirmar. Sábado pela manhã telefono a dizer que não vou, que são muitos kilómetros, que estou muito cansada... que preciso de descansar no fim-de-semana... blá, blá, blá... que o lançamento do CD vai ser um sucesso... A Rosa, na sua calma, boa disposição e carinho consegue o que julgava impossível... vou! Saímos depois de almoço. O lançamento do CD é pelas 21:30H... (acabou por ser lá pelas 22H.)

Fui Portanto a Campo Maior, pela primeira vez. Lá combinámos encontrar-nos no caminho para seguirmos juntos a travessia... da Estremadura ao outro lado do país... junto à fronteira, perto de Badajoz.

A Rosa e o marido, António, anfitriões excepcionais, encheram a casa de amigos, boa disposição, histórias, estórias e carinho.

O lançamento do CD foi um sucesso, pena o vento... que naquela noite teimou em não parar... Mas a Rosa, em palco, aguentou o vento de frente e disse os seus poemas com a energia e expressividade que só ela sabe... qual fonte imparável... encheram-se as almas de alentejo puro, nas toadas, nas rimas, nas observações com humor e amor...

Bem-Hajas Rosa por seres como és e quem és. Uma ROSA, sem espinhos, uma alma alentejana tão especial... Bem-Hajas aos restantes companheiros presentes, quase todos alentejanos de gema...

Depois de uma noite de insónia, o passeio até à Barragem do Caia foi reconfortante, a subida até ao Castelo também... Conheci a casa dos pais, onde a Rosa foi menina, e tantas histórias de vida... conheci vizinhas com mais de oitenta anos, e num sotaque alentejaníssimo ouviram-se mais histórias... infindáveis... DELICIOSOS... estes momentos... todos... não posso contar cada história, cada sorriso, cada emoção... ficam na memória viva... Quando tiver mais um tempinho mostro uns filmes...


Na casa da Rosa:


Antes da apresentação do CD:




A Rosa e o António sempre muito Bem-dispostos..

Campo Maior, 12 de Julho, o Lançamento do CD... Poesia com alma... mesmo contra o vento, mas sempre com um sorriso, humor e amor...

O Luis Maçarico, antropólogo, poeta e amigo fez a introdução ...



A Rosa assinou, com carinho, o CD para o público presente.

Em Junho Estive em Rio Maior

Em Junho, estive em Rio Maior, junto à Benedita... e pela primeira vez levaram-me a conhecer as salinas...
Entre papoilas, abraços, sorrisos e silêncios... ficam algumas imagens, só para recordar.